O primeiro cara que você precisa começar a ler é Luiz Antonio Simas • A Bacia das Almas

 

Paulo Brabo, 04 de setembro de 2015

O primeiro cara que você precisa começar a ler é Luiz Antonio Simas

Estocado em Brasil · Goiabas Roubadas

Para combater esse Brasil veneno que se descortina na perda das delicadezas do mundo, só mesmo esse Brasil remédio de Villa e Elizeth, minha terra dos presépios mais precários, das bandinhas de pastoris e lapinhas do Nordeste, dos enfeites das moças dos cordões azul e encarnado, e das folias que homenageiam – entre cachaças, cafés e bolos de fubá, gentilmente servidos pelos donos da casa – os Reis do Oriente. Meu Brasil de aboios, louvores, comidas, leilões de prendas, namoros, cheiros e bordados; terra de afetos celebrados que permitem a subversão – pelo rito – da miudeza provisória da vida. Meu Brasil de pajelanças bonitas, giras de encantados, rodas formosas e canções de aconchegar as dores.

Leia o texto inteiro aqui.

Paulo Brabo @saobrabo

Escrevo livros, faço desenhos e desenho letras. A Bacia das Almas é repositório final de ideias condenadas à reformulação eterna.

Arquivado sob as rubricas

 

<
>

Depositado em juízo por Paulo Brabo · Desde 2004 · Sobre o autor e esta Bacia · Leia um livro · Olhe desenhos · Versões digitais dos manuscritos da Biblioteca do Monastério de São Brabo nas Índias Ocidentais · Fale comigo · A Bacia das Almas é repositório final de ideias condenadas à reformulação eterna