I love Brazil • A Bacia das Almas

 

Paulo Brabo, 06 de julho de 2005

I love Brazil

Estocado em Brasil

O escritor e ilustrador cult Neil Gaiman, celebrado autor da série de quadrinhos Sandman, é chapa do meu amigo Julian; os dois já trabalharam juntos em alguns projetos e estão agora trabalhando em outro. Outro dia o Julian teve a desfaçatez de me dispensar dizendo que tinha de sair para jantar com Gaiman.

Neil Gaiman já esteve no Brasil e teve uma excelente impressão. Ele por sua vez contou ao Julian que é muito fácil para um estrangeiro causar uma boa impressão nos brasileiros. Basta, ensinou ele, dizer a cada quinze minutos o quanto você adora o Brasil. Aparentemente você faz o maior sucesso, mesmo que esteja fugindo inteiramente do assunto.

Para treinar, a cada vinte frases que trocamos no messenger o Julian às vezes ainda interrompe: I love Brazil.

À sabedoria de Gaiman só pude acrescentar que a pergunta que as pessoas mais farão ao Julian quando ele estiver aqui será fatalmente “o que você está achando do Brasil?” Achei até provável que Gaiman tenha aprendido a queimar etapas, disparando nos brasileiros a resposta antes de ser atingido pela pergunta. Nós gostamos de ser amados, expliquei ao Julian.

E ele, do nada, mudou de assunto:

– Have I told you how much I love Brasil recently?

Paulo Brabo @saobrabo

Escrevo livros, faço desenhos e desenho letras. A Bacia das Almas é repositório final de ideias condenadas à reformulação eterna.

Arquivado sob as rubricas

 

<
>

Depositado em juízo por Paulo Brabo · Desde 2004 · Sobre o autor e esta Bacia · Leia um livro · Olhe desenhos · Versões digitais dos manuscritos da Biblioteca do Monastério de São Brabo nas Índias Ocidentais · Fale comigo · A Bacia das Almas discorda da posição do colega