Gueimovar • A Bacia das Almas

 

Paulo Brabo, 15 de abril de 2005

Gueimovar

Estocado em Gírias e Falares

Que mundo.

Eu estava na casa da Dona Hulda jogando videogame com as sobrinhas do Hélio: Talita, Raquel e Letizia. A principal atividade era torcer para que alguém perdesse de uma vez para que você pudesse sair da fila e assumir o único joystick sobrevivente por alguns minutos.

Em algum momento, eu que já estava meio entediado e buscando na mochila um livro para remoer, ouvi a Talita celebrar:

– Pronto, minha vez. Você gueimovou.

Demorei um microssegundo para entender que gueimovar é perder o jogo. Gueimovar é encarar um game over.

Que mundo.

Paulo Brabo @saobrabo

Escrevo livros, faço desenhos e desenho letras. A Bacia das Almas é repositório final de ideias condenadas à reformulação eterna.

Arquivado sob as rubricas

 

<
>

Depositado em juízo por Paulo Brabo · Desde 2004 · Sobre o autor e esta Bacia · Leia um livro · Olhe desenhos · Versões digitais dos manuscritos da Biblioteca do Monastério de São Brabo nas Índias Ocidentais · Fale comigo · A Bacia das Almas adverte: isso não vai ficar assim