Reforma • A Bacia das Almas

 

Paulo Brabo, 21 de março de 2005

Reforma

Estocado em Nostalgia

Se os anos 80 são a minha época, há dois lugares aos quais sempre volto – lugares que freqüentam os meus sonhos e que freqüento nos meus sonhos: Urubici e o velho edifício da igreja batista do Cajuru.

São destinos da minha infância, os dois, que vejo transmutados mas plenamente reconhecíveis em sonho por incontáveis noites na minha história. Meus sonhos com Urubici e com o prédio do Cajuru são sonhos de atmosfera, nos quais pouco efetivamente acontece, mais claramente caracterizados pela embriagante sensação de se estar num lugar acolhedor e assustadoramente rico em possibilidades.

Fiquei sabendo que a reforma no edifício do Cajuru está quase concluída mas não tive ainda coragem de conferí-la, especialmente por saber que as mudanças se concentraram na parte de trás e nos andares superiores, precisamente a região do prédio onde concentram-se os meus sonhos.

Embora pense que reformas e alterações institucionais sejam talvez inevitáveis, essa em particular me incomoda, emocionalmente falando. O prédio do Cajuru contém grande parte do que efetivamente sou e daquilo com que sonho e do que me lembro. Sinto como se meu patrimônio de nostalgia estivesse sendo devassado; isso acontece com esperada freqüência, mas raramente com um alvo que me é tão particular.

A igreja do Cajuru é em grande parte a minha casa, minha arquétipica casa, e o único destino digno para uma casa, fora a preservação, é a decrepitude e o abandono. Qualquer reforma que não vise a preservação deixa uma casa assombrada com o presente, o que é de certa forma o destino mais assustador de todos.

Paulo Brabo @saobrabo

Escrevo livros, faço desenhos e desenho letras. A Bacia das Almas é repositório final de ideias condenadas à reformulação eterna.

Arquivado sob as rubricas

 

<
>

Depositado em juízo por Paulo Brabo · Desde 2004 · Sobre o autor e esta Bacia · Leia um livro · Olhe desenhos · Versões digitais dos manuscritos da Biblioteca do Monastério de São Brabo nas Índias Ocidentais · Fale comigo · A Bacia das Almas não quer partir do pressuposto de que só porque discordamos um de nós está necessariamente certo