BibliOdissey • A Bacia das Almas

 

Paulo Brabo, 24 de outubro de 2006

BibliOdissey

“If it looks like I know anything
then the mirrors are working.”

Meu relacionamento com a internet é circular: percorro maravilhado o labirinto, mas há destinos a que volto sempre. Para o amante de livros em mim (e estarei mentindo se der a entender que exista em mim outro), nenhum desses – absolutamente nenhum – compete em exuberância e fascínio com o sáite BibliOdissey.

Vertiginoso é adjetivo que se deveria reservar para experiências como o BibliOdissey. Repositório de links, galeria de imagens históricas, coleção de curiosidades, altar bibliófilo, armazém paraliterário: BibliOdissey é um blog para bibliófilos hedonistas – e como se sabe, todo bibliófilo é hedonista. A plaquinha diz apenas Books ~~ Illustrations ~~ Science ~~ History ~~ Visual Materia Obscura ~~ Eclectic Bookart – e penso que a descrição seja essencialmente justa.

Mas o amante de livros não ignora que um livro não é apenas livro, é fetiche: quem pensa que falar de livros é falar apenas do espírito não cheirou jamais o amarelado perfume de um sebo, não sentiu o afago da gaze que une duas capas duras. BibliOdissey existe para cartografar na rede esse aspecto sensorial da experiência literária, o improvável rastro que livros de verdade deixam na irreal internet. Ali estão o desenho da capa, a pressão dos tipos sobre o papel, o formato das fontes, as curvas das iniciais, as filigranas das caligrafias, os ornamentos de fim de página e as gravuras – especialmente as gravuras (quem mais teria me remetido a jóias como o Flora Brasiliensis ou às gravuras que ilustram O Rico e seu Camelo?).

Muitas vezes penso o que estou fazendo atualizando a Bacia quando deveria estar me refestelando no BibliOdissey. Não me intriga menos que meus leitores não estejam fazendo percurso semelhante.

* * *

O blog BibliOdissey
Os arquivos anotados de BibliOdissey

Veja também:
O alfabeto de Basolis
A anatomia de um pigmeu

BibliOdissey

Paulo Brabo @saobrabo

Escrevo livros, faço desenhos e desenho letras. A Bacia das Almas é repositório final de ideias condenadas à reformulação eterna.


 

<
>

Depositado em juízo por Paulo Brabo · Desde 2004 · Sobre o autor e esta Bacia · Leia um livro · Olhe desenhos · Versões digitais dos manuscritos da Biblioteca do Monastério de São Brabo nas Índias Ocidentais · Fale comigo · A Bacia das Almas espera não ter de repetir