Ironicamente • A Bacia das Almas

 

Paulo Brabo, 26 de abril de 2016

Ironicamente

Estocado em Goiabas Roubadas

Ironicamente, quanto mais propagamos gestos espontâneos, despretensiosos, naturais, puros ou sinceros, mais sintéticos, autoconscientes, simulados ou fingidos nos tornamos.

Wilson Ferreira, escrevendo sobre coisas estranhas e familiaríssimas (não mais estranhas do que o Facebook ou o Instagram) no Monastério da Cinegnose.

Paulo Brabo @saobrabo

Escrevo livros, faço desenhos e desenho letras. A Bacia das Almas é repositório final de ideias condenadas à reformulação eterna.

Clique aqui para receber as publicações deste sáite por email.

Arquivado sob as rubricas

 

<
>

Depositado em juízo por Paulo Brabo · Desde 2004 · Sobre o autor e esta Bacia · Receba por email · Leia um livro · Olhe desenhos · Vasculhe os arquivos · A amizade continua a mesma no twitter, no Instagram, no Flickr e até no Google+ · Mas não no Facebook · Assine com RSS · Versões digitais dos manuscritos da Biblioteca do Monastério de São Brabo nas Índias Ocidentais · Fale comigo · A Bacia das Almas é filiada ao Monastério de São Brabo nas Índias Ocidentais