1493 • Como a Bula Inter Cetera deu as Américas para os reis espanhóis • A Bacia das Almas

 

Paulo Brabo, 08 de junho de 2015

1493 • Como a Bula Inter Cetera deu as Américas para os reis espanhóis

Estocado em Brasil · História · Ilustração

Esta é a parte 5 de 14 da série História da alocação de recursos no Brasil

 

«Portanto a nenhum homem absolutamente seja lícito infringir esta página da nossa recomendação, exortação, requisição, doação, concessão, entrega, constituição, deputação, decreto, mandato, proibição e vontade.»
 

Um ano depois da descoberta da América por Colombo, a bula Inter Cetera deu aos Reis Católicos, Fernando e Isabela, as terras “descobertas e por descobrir” a oeste de uma meridiano postado 100 léguas a oeste das ilhas do Cabo Verde. A Portugal caberiam as terras a leste dessa linha.

Se colocada em efeito com esse critério a divisão daria a Portugal, de todo o continente americano, só uma estreita fatia do nordeste do que viria a ser o Brasil. Ninguém tinha ainda como saber, mas na demarcação da bula caberia aos espanhóis a porção do território em que mais tarde seriam fundados Salvador, Rio de Janeiro e São Paulo.

Mesmo antes da descoberta do Brasil os portugueses acharam que como estava a divisão favorecia os espanhóis. Soberanias divinas à parte, pode ter contado o fato de que o papa Alexandre VI (Rodrigo Borgia, pai de Lucrécia) , que assinou a bula em seu primeiro ano de pontificado, era ele mesmo espanhol natural de Valência.

Paulo Brabo @saobrabo

Escrevo livros, faço desenhos e desenho letras. A Bacia das Almas é repositório final de ideias condenadas à reformulação eterna.


 

<
>

Depositado em juízo por Paulo Brabo · Desde 2004 · Sobre o autor e esta Bacia · Leia um livro · Olhe desenhos · Versões digitais dos manuscritos da Biblioteca do Monastério de São Brabo nas Índias Ocidentais · Fale comigo · A Bacia das Almas adverte: desta vida tudo se leva